3/07/2011

Paris fashion week: impressões

Paris é cheia de surpresas… Os existencialistas são um exemplo. Eles ainda estão por aqui, nas ruas da cidade filosofando. Como disse o documentarista Loïc Prigent, em vez do Café de Flore, eles agora podem ser encontrados trabalhando em boutiques lendo Proust entre um cliente e outro…

 

Um resgate dos valores franceses antes de começarmos então a falar de moda…

 

A semana dos desfiles masculinos foi marcada pelo caso John Galliano. Enquanto o estilista tenta evitar  a “guilhotina” nos tribunais, são os seus assistentes que dão continuidade ao seu trabalho. Aqui o estilista Gaytten recebe os aplausos no lugar de Galliano.

 

Enquanto o Brasil e Nova York celebravam suas conquistas em relação ao casamento entre iguais, Paris também viveu o seu momento gay. A temporada de desfiles foi marcada pelo homeorotismo do trabalho de Nicola Formichetti para a marca Mugler. Muito se falou também do novo trabalho do coreógrafo inglês Wayne McGregor inspirado em Francis Bacon no Ballet da Ópera de Paris.

 

Uma pequena anarquia veio do estilista belga Walter Van Beirendonck – este que será homenageado pelo MoMu (Mode Museum) na Bélgica com uma exposição retrospectiva de sua carreira a partir de setembro. Este look mostrado durante a semana de moda parisiense tem tudo a ver com os mastros pintados por artistas de rua no Marais.

 

Liberdade criativa também para os meninos que foram assistir aos desfiles: livres para usar saias e meia-calças estampadas de teia de aranha…

 

Tudo a ver com as fachadas de alguns prédios da cidade.

 

O cabelo arrumadinho, meio anos 1950, está em alta também. Aqui a referência para o desfile de Alexis Mabille criado pela super-hairstylist Odile.

 

Muitos já captaram a tendência…

 

E outros personalizaram-na com um toque militar. De modo geral tanto os cortes de cabelo quanto as barbas estão mais bem cuidados do que nunca.

 

Muitas soluções criativas para os chapéus também, como este em que a parte de trás é presa por um alfinete.

 

Ou aqui, neste capacete com padronagem op-art.

 

Os lenços nos pescoço também prometem uma volta. Tudo culpa de Miuccia Prada que propos a idéia no seu influente desfile em Milão nesta temporada.

 

O branco usado com branco apareceu nos desfiles mais importantes…

 

E já foi assimilado pelos editores das revistas masculinas nas primeiras filas.

 

Ficamos por aqui, com dois registros que denunciam o calor desta temporada. Hora de pegar um surf (parece que vai ser tendência também…).

 

 

Fotos: Hermano Silva © 2011

 

CLIQUE AQUI PARA LER A NOSSA COBERTURA COMPLETA DA SEMANA DE MODA MASCULINA DE PARIS

  • walter rodrigues

    Adorei tudo!!!!Seu olhar apurado e o texto perfeito!!!!!Please…..Mais!!!Mais!!!Mais!!!!Kisses1

  • Paulo

    ótimas fotos hermanito
    vc vai na exposição do WvB??? eu gostaria muito de ir…
    assim como o walter, também quero mais.