27/06/2012

Especial Pitti Uomo: uma visão geral

Por Hermano Silva

 

 

A 82ª edição da feira de moda Pitti Uomo terminou no último dia 22 de junho na Fortezza da Basso, em Florença, com boas expectativas apesar das previsões afirmarem que a indústria de moda italiana irá fechar o ano de 2012 no vermelho. A esperança do setor está nas exportações que estiveram em alta nesta edição do evento (leia mais abaixo).

A Pitti Uomo, que acontece na cidade desde setembro de 1972 para divulgar as novas coleções masculinas da indústria de moda italiana, reuniu 1059 marcas por quatro dias.

 

 

 

O tema desta edição foi “WonderFood”, numa tentativa de fazer um alerta sobre a importância da alimentação no nosso dia-a-dia e o impacto dela no meio ambiente. O decorador do evento Oliviero Baldini interpretou o tema com uma instalação de 35 espantalhos – cada um vestindo roupas de um designer expositor da feira.

Foram ao todo 11 plataformas de lançamento divididas de acordo com a identidade das marcas. Como sempre foi possível encontrar roupas para todos os tipos de idade, situações e estilos de vida, e que foram dividas em temas como “Alternative Set”, “Futuro Machile”, “Sport & Sport”, etc. A área nova chamada “Make”, por exemplo, foi dedicada somente a marcas que produzem produtos feitos à mão.

Leia aqui sobre a crescente valorização de peças feitas a mão

 

TENDÊNCIAS

Entre as principais tendências apresentadas estão: roupas de inspiração militar que têm o verde oliva e os camuflados como carro-chefe; a continuação das cores vibrantes, mas desta vez com um toque fluorescente; e a influência dos esportes como o surf e o ciclismo (aliás, algumas marcas lançaram linhas totalmente dedicadas ao ciclismo).

 

 

“É interessante começar a temporada de lançamentos em Florença porque muito do que é mostrado é o que de fato vai chegar às lojas”, explica o norte-americano Bruce Pask, o editor de moda masculina da revista “T” do “New York Times”. “Muitas das tendências começam aqui e ganham força nos lançamentos das semanas de moda seguintes”, explicou Pask ao site The Gentleman.

 

NEGÓCIOS

A Pitti Uomo, que é realizada com o apoio do Ministério Italiano de Desenvolvimento Econômico, viu o aumento de 8% no número de compradores estrangeiros (7.400) e queda de 16% no número de compradores italianos (10.400), de acordo com números divulgados pela organização do evento.

 

 

Embora os franceses tenham sido os maiores importadores de moda masculina italiana em 2011, no caso da Pitti Uomo os maiores compradores desta edição foram os alemães, seguidos pelos japoneses e espanhóis. Muitos procuram os ternos de tecidos leves e sofisticados pelos quais os alfaiates italianos se tornaram conhecidos.

 

NOVOS DESIGNERS

Apesar do apelo das marcas globais presentes na feira, os novos estilistas não ficam de fora. Pelo contrário: são muito bem apoiados. A área “New Beats” traz a cada edição uma seleção de novos designers que são descobertos pela organização do evento em viagens de pesquisas pelo mundo. A feira possui ainda um concurso chamado “Who is on Next? Uomo” para promover jovens estilistas que sejam italianos ou radicados na Itália.


 

Em 2011 os vencedores foram Andrea Pompilio e Emiliano Rinaldi, que desde então apresentam os seus desfiles no evento. Este ano o estilista italiano Andrea Cammarosano (foto acima) foi o vencedor do prêmio principal assim como do prêmio concedido pela loja virtual Yoox.com. Cammarosano poderá comercializar as suas coleções exclusivamente no site a partir de setembro.

A instituição que organiza a feira também sempre convida duas marcas para mostrar as suas coleções. Este ano a marca Carven foi a convidada da Pitti Uomo, enquanto Peter Pilotto foi a marca feminina convidada da Pitti W - feira dedicada a moda feminina e que acontece em paralelo.

 

PLATAFORMA ON-LINE

Se você é um comprador e perdeu a feira mas gostaria de participar ainda é possível visitar a versão virtual através do site E-Pitti.com. Lá é possível conhecer os produtos dos expositores e também fechar negócios.

 

O site The Gentleman viajou a convite da feira Pitti Uomo

 

 

Leia também:

Exposições sobre Marilyn Monroe e os 30 anos da Stone Island são destaques na cidade

Marca francesa Carven faz desfile inesquecível no Velódromo de Florença

Estilista italiano Emiliano Rinaldi transporta uma barbearia para a Pitti Uomo

+  Os desfiles de Valentino, Andrea Pompilio e Alexis Mabille

 

NOSSA PRÓXIMA PARADA: Berlin Fashion Week!

 

 

Fotos: Hermano Silva e M. Michelsanti/divulgação Pitti Uomo